spot_img
spot_img

Moradores protestam contra lixão em área residencial no distrito de Wanica (Fotos)

Atualizado há

Moradores da localidade de Ornamibo, no distrito de Wanica, levantaram barricadas na entrada do aterro sanitário para protestar contra os riscos que o lixão oferece a saúde dos moradores.

Moradores bloquearam nesta quinta-feira, 16 de junho, o acesso ao aterro para protestar contra o fedor insuportável, a fumaça e a sujeira provenientes do local usado para descartar resíduos sólidos provenientes de residências, indústrias e hospitais.

Houve tumulto e discussão entre os moradores e funcionários que trabalham no lixão e representantes do grupo “Stop Aterro Ornamibo” que lutam pelo fim das atividades no aterro desde 1998.  A situação agora se agravou com o aumentou do número de moradores locais com problemas respiratórios resultantes do contaminação do ar pelos resíduos despejados no aterro.

- Publicidade -

Os moradores afirmam que a água de poços artesianos e de pequenos lagos próximos da área do lixão estão contaminados porque não há separação de materiais e todo tipo de sujeira como, carcaças de animais, plástico, metais e outros materiais residuais que são despejados no local geram mau cheiro e a proliferação de doenças que colocam em risco a saúde dos moradores.

O chefe do Serviço de Informação do Ministério das Obras Públicas (OW), Raoel Swedo, esteve no local e considerou que o protesto teve motivação política e em nome do ministro Siegfried Wolff explicou que o ministério está atualmente trabalhando em uma solução. Raoul disse ainda que haviam planos para o aterro no sentido de construir uma empresa que iria produzir um determinado óleo para geração de energia.

Os moradores concordaram em esperar pelo prazo de uma semana por uma resposta das autoridades para a solução do problema.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App