O Instituto Nacional de Informação divulgou o conteúdo do encontro entre o ministro venezuelano e o presidente Desi Bouterse na quarta-feira, 7 de fevereiro.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, veio ao Suriname para uma visita ao chefe de Estado.

Publicidade

A ministra das Relações Exteriores do Suriname, Yldiz Pollack-Beighle também estava presente no encontro onde foram abordados temas como os laços diplomáticos entre o Suriname e a Venezuela.

“No momento, em que as questões são muito difíceis para a região, é bom tentar resolver problemas de uma forma muito inovadora”, disse o presidente Desi Bouterse durante o encontro com o ministro das Relações Exteriores da Venezuela.

A ministra Yldiz Pollack informou que os desenvolvimentos que estão acontecendo no mundo também foram discutidos no encontro e a reintrodução do Comitê Conjunto entre o Suriname e a Venezuela nos dias 1 e 2 de março de 2018 vai assegurar que os atuais acordos na área do setor pesqueiro, nos negócios do Petro-Caribe e na exportação de arroz possam ser cumpridos. Neste contexto, uma delegação do Suriname terá que ir à Venezuela para participar da reunião.

Em outubro de 2015, o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, esteve no Suriname para um encontro com o presidente Desi Bouterse e um dos assuntos tratados entre os dois chefes de Estado foi a expansão do acordo Petrocaribe, que inclui a exportação de arroz do Suriname para a Venezuela. No encontro que aconteceu a dois anos atrás, o presidente da Venezuela deixou claro o interesse de seu país em comprar mais arroz do Suriname e por outro lado o Suriname deseja expandir as exportações do produto para a Venezuela. A oportunidade de exportar mais arroz para a Venezuela surgiu após o conflito entre a Venezuela e a Guiana por uma área de fronteira entre os dois países.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar