Foto: Exército Brasileiro

Após 8 semanas de treinamento no Centre D’entrainement En Foret Equatoriale (CEFE), dois oficiais do Exército Brasileiro e mais 19 estagiários de dez países diferentes concluíram o Curso Internacional Jaguar, recebendo a insígnia “Chef de section combat forêt” (Chefe da Seção de Combate Florestal), na Guiana Francesa.

Os alunos desenvolveram conhecimentos no combate em selva, por meio de instruções de tiro e de emprego de materiais militares franceses, de combate em ambiente equatorial na Guiana Francesa, de combate em ambiente tropical na Martinica, dentre outras, finalizando com um exercício de síntese dos conhecimentos adquiridos.

Publicidade

O curso contou, ainda, com a presença do Primeiro-Sargento Alexsander Fredo Rodrigues, do Centro de Instrução de Guerra na Selva, que atuou como monitor, ministrando diversas disciplinas de técnicas, táticas e procedimentos específicos de operações na selva.

Comentar

Comentar