Recentemente, o Mercado Central teve a comodidade de oferecer WiFi grátis. Isso foi possível graças a uma colaboração entre o Mercado Central e o Banco de Poupança do Suriname (SPSB). Um caixa eletrônico do SPSB também foi colocado no mercado. A intenção de instalar o WiFi gratuito é ampliar os serviços do SPSB. De acordo com o responsável pelo Mercado, John Lecton, o objetivo é melhorar a vida tanto do consumidor como do fornecedor.

Nos últimos dias Lecton está muito ocupado implementando melhorias no Mercado Central. Apesar do mercado ter uma carteira de pedidos de manutenção muito grande, Lecton diz que está fazendo o melhor possível para recuperar o atraso. Juntamente com os funcionários da Openbaar Groen, prisioneiros e o Corpo de Bombeiros, a limpeza é feita diariamente e trimestralmente. Atualmente, os detentos estão construindo e nivelando o piso do mercado. Desde a semana passada, foi iniciada a construção de novos stands, alguns deles foram colocados para acomodar os serviços do governo.

John Lecton também tem um plano que gostaria de executar com a permissão do presidente. Este plano envolve a compra de vegetais do distrito de Saramacca, repassando aos vendedores do mercado com um preço de varejo sugerido, para que o consumidor compre mais barato. De acordo com  Lecton, Saramacca é um distrito agrícola e mais de 70% dos vegetais consumidos no país vêm de lá. Juntamente com o Ministério do LVV e comissário distrital de Saramacca, Lecton quer ver como podem promover o cultivo de hortaliças. A opção de exportar vegetais para o exterior também está incluída neste plano.

Foto: NII

Comentar

Comentar