Moradores furiosos que ficaram sem energia por um longo período ligaram para a redação dos editores da LPM News para fazer reclamações.

Diferentes partes do país ficaram sem energia por um longo período devido a uma baixa quantidade de água no reservatório de Afobaka.

A Empresa de Energia do Suriname (EBS) recebeu ordem da Suralco para usar em vez de seis, apenas três turbinas e nos próximos períodos serão 30 megawatts a menos de energia.

O presidente Desi Bouterse quer informar a Assembleia Nacional na próxima semana (terça-feira) sobre a situação de energia do país.

A empresa EBS está atualmente enfrentando graves problemas e de energia no país e falhas no fornecimento de energia estão atingindo vários bairros todos os dias.

Em um comunicado feito pela empresa (EBS), pede-se para os clientes e cidadãos que sejam econômicos com o uso da energia elétrica em suas residencias, incluindo o uso de ar-condicionado e outros aparelhos que dependem de energia elétrica para o seu funcionamento. Se reduzirmos o uso de energia juntos, outras aéreas serão poupadas da falta de energia diz a direção da EBS.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar