Uma menina de 4 anos soterrada sob os escombros foi resgatada com vida nesta terça-feira (3) no oeste da Turquia, quase quatro dias depois de um violento terremoto atingir a região, informou o prefeito da cidade de Izmir. O tremor matou 100 pessoas, segundo última informação oficial local.

Testemunhamos um milagre 91 horas depois. As equipes de resgate recuperaram Ayda, de 4 anos. Viva”, disse o prefeito, Tunc Soyer, em uma rede social.

Publicidade

Ela foi retirada em meio a aplausos, no distrito de Bayrakli, gravemente afetado pelo terremoto da última sexta-feira (30).

A menina, Ayla Gezgin, estava sentada na cozinha de um prédio desabado quando as equipes de resgate chegaram, em um espaço que havia ficado intacto entre a bancada e a máquina de lavar, segundo um dos profissionais falou à rede de televisão NTV.

“Ouvimos uma voz, perguntamos quem estava lá e ela respondeu: ‘Sou Ayla, estou bem’. Dissemos ‘Espere, vamos tirar você’ e fomos até onde ela estava”, disse um dos trabalhadores que a tirou dos escombros.

Segundo o homem, a menina estava consciente e sem ferimentos aparentes:

“Nada havia acontecido com ela, ela estava sentada esperando.”

Acredita-se que a mãe da menina, Fidan Gezgin, ainda esteja sob os escombros, enquanto seu pai, Ugur, um ex-árbitro de futebol, foi salvo.

Além disso, mil pessoas ficaram feridas e 107 foram resgatadas com vida dos escombros.

Terremoto de fortes proporções no mar Egeu é sentido na Grécia e na Turquia — Foto: Amanda Paes/G1
Fonte: G1

Comentar

Comentar