spot_img
spot_img

Marcão do Povo afirmou que a cantora está ‘em baixa’ e ‘vivendo de processos e não de shows’

Atualizado há

Marcão do Povo afirmou que a cantora está ‘em baixa’ e ‘vivendo de processos e não de shows’

Depois de ser demitido da Record por chamar Ludmilla de “pobre e macaca” durante o quadro Hora da Venenosa, do programa Balanço Geral DF, Marcão do Povo tentou pedir desculpas à cantora, que já afirmou que vai prestar queixa contra o jornalista. Marcão foi ao programa Timeline da Rádio Gaúcha nesta quinta-feira tentar explicar o ocorrido, mas pode ter apenas complicado ainda mais sua situação.

 

“Hoje, no país, tudo que você fala é motivo para dizerem que é bullying, racismo”, começou o apresentador. Ele explica que no interior do Centro-Oeste brasileiro, a expressão “macaco preto” é uma referência a pessoas de baixo poder aquisitivo que enriqueceram, como é o caso de Ludmilla – e, nas palavras de Marcão, dele mesmo. “Se eu tivesse citado uma pessoa branca, nada disso teria acontecido”, completa ele.

- Publicidade -

Fonte:G1

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App