Nova York, 24 jun (EFE).- A letra manuscrita do clássico ‘Like a Rolling Stone’, escrita por Bob Dylan em 1965, foi vendida nesta terça-feira pelo valor recorde de US$ 2 milhões em um leilão da Sotheby’s, em Nova York.

Nova York, 24 jun (EFE).- A letra manuscrita do clássico ‘Like a Rolling Stone’, escrita por Bob Dylan em 1965, foi vendida nesta terça-feira pelo valor recorde de US$ 2 milhões em um leilão da Sotheby’s, em Nova York.

Comprado por um colecionador privado, o item foi o que mais se destacou na sessão dedicada exclusivamente à história do rock & roll, que incluía memorabilia de Elvis Presley, Rolling Stones e Beatles, entre outros.

Publicidade

‘O Santo Graal das letras de rock ocupou o lugar que merece, se tornando o manuscrito de música popular mais caro já vendido em um leilão’, disse Richard Austin, da Sotheby’s.

A letra da canção de Dylan superou várias dos Beatles, vendidas no ano passado por US$ 1,2 milhão.

A canção, um dos maiores sucessos do rock’n roll, foi uma revolução na carreira do cantor americano por representar sua ‘conversão’ à guitarra elétrica, e se tornou uma das músicas mais influentes dos anos 60.

O manuscrito de quatro páginas reflete uma versão bastante próxima da que Dylan finalmente gravou, e inclui o lendário ‘How does it feel?’ que o cantor canta como estribilho, e também alguns versos que nunca foram utilizados.

A letra, rabiscada sobre folhas timbradas de um hotel de Washington, está acompanhada também de pequenas ilustrações improvisadas pelo músico.

Os US$ 2,04 milhões do manuscrito representam metade do total arrecadado no leilão de hoje, intitulado pela Sotheby’s de ‘História do rock & roll: de Presley ao Punk’.

Bob Dylan foi também o responsável pelo segundo artigo mais caro da sessão, outro colecionador privado pagou quase US$ 500 mil pela letra manuscrita de ‘A Hard Rain’s A-Gonna Fall’, de 1962.

Uma guitarra Vox de John Lennon alcançou US$ 305 mil, enquanto um macacão branco bordado, usado por Elvis Presley, foi vendido por US$ 245 mil.

O leilão reuniu em Nova York peças de muitos dos artistas mais importantes da música popular do século XX, desde mitos como Johnny Cash e Jimi Hendrix a estrelas do pop como Michael Jackson e Madonna, passando por grupos icônicos dos anos 60, como Beach Boys, Byrds e Doors, e representantes do punk como Sex Pistols e Blondie.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: MSN

Comentar

Comentar