spot_img
spot_img

Maníaco abusava do sobrinho e mantinha intimidade no celular

Atualizado há

José Carlos Gonçalves, de 67 anos, foi preso e aguarda julgamento.

José Carlos Gonçalves, de 67 anos, foi preso suspeito de abusar sexualmente do sobrinho de apenas 13 anos, de acordo com a reportagem desta quarta-feira (20). A mãe do garoto conta que sofreu calada durante quatro meses para juntar as provas e denunciar o maníaco.

Ainda segunda a reportagem, o homem abusou do garoto cerca de quatro anos. Ele teria conseguido manter o segredo com ameaças frequentes ao menino.

Após a vítima se queixar, a mãe do garoto não descansou em paz enquanto não reuniu provas suficientes para ver o maníaco na cadeia.

 

Ela convocou uma reunião com a esposa do pedófilo. Uma das provas encontradas pela moça são trechos de conversa que José trocava com o menino. Segundo a mãe, o rapaz mantinha vídeos e vivia trocando mensagens com o menino.

Ainda de acordo com a reportagem, o tio abusava do menino durante viagens e vivia convidando o garoto para dormir na casa dele.

Em entrevista concedida ao Cidade Alerta, a moça diz que não vai admitir que o pedófilo seja liberado pela Justiça por meio do habeas corpus, famoso remédio constitucional.

— Eu não consigo olhar para a cara do meu filho. Se esse cara sair da cadeia, não sei como vamos fazer. Há quatro meses estou atrás para colocar esse cara na cadeia. É revoltante saber que ele pode ser solto.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App