spot_img
spot_img

Maioria dos deputados quer renúncia de Cunha

Atualizado há

Atualmente, 62% dos parlamentares torcem pela saída do presidente da Câmara.

Apesar de conseguir uma folga até fevereiro para elaborar uma nova estratégia, o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) sofre forte rejeição dos seus colegas dentro da Casa. Em levantamento realizado entre os dias 7 e 18 de dezembro, 62% dos parlamentares se posicionavam a favor da sua renúncia do cargo de presidente da Câmara. Neste mesmo levantamento, 18% eram contra e 20% não haviam se posicionado.

Na pesquisa anterior, realizada entre os dias 19 e 28 de outubro, 45% eram a favor da renúncia, 25% eram contra e 30% não haviam se posicionado. Os dados são de pesquisa realizada pelo Datafolha, divulgada nesta segunda-feira (21) pelo jornal Folha de S.Paulo.

- Publicidade -

Até mesmo dentro de seu partido, Cunha enfrenta uma forte oposição. Ao todo, 38% dos peemedebistas defendem sua renúncia ao cargo de presidente da Câmara. No PT, este número cresce para 86%. Na oposição, os contrários a Cunha chegam a 79%, enquanto nos demais partidos da base governista, este número é de 50%.

Cassação

Um processo de cassação também teria um forte peso contra Eduardo Cunha caso ele seja aberto. No levantamento realizado entre os dias 19 e 28 de outubro, 35% dos parlamentares se posicionavam a favor do impeachment do presidente da Câmara dos Deputados. Outros 13% eram contrários à medida, enquanto 52% não se posicionaram.

Na pesquisa mais recente, a opinião contrária a Cunha cresceu, chegando a 60% dos parlamentares apoiando a cassação do mandato de Cunha, frente a 8% contrários a esta medida e 32% não se posicionando sobre ela.

Até mesmo entre o PMDB o número de apoiadores do impeachment supera o de parlamentares contrários à medida: são 30 a favor da saída de Cunha contra 13 a favor. Outros 58% não se posicionaram.

No PT, 86% se declararam a favor da saída do presidente da Câmara, 12% se posicionaram contra, e 12% não se posicionou.

Na oposição, 75% optou pela saída de Cunha, 3% defendeu sua permanência e 21% não adotou nenhuma das posições.

Nos demais partidos da base governista, 49% defendem a saída de Cunha, quando 13% optam por sua permanência e 38% não se posicionaram.

A pesquisa foi realizada com 315 deputados, sob a condição de anonimato.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

 

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App