Não há casos de suspeitos no Suriname.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca (LVV) começou a informar seus funcionários sobre o coronavírus. Eles receberam as informações necessárias sobre o que pode ser feito em casos suspeitos no Suriname. As reuniões iniciaram nesta segunda-feira, dia 27, por meio de grupos de trabalhos.

Temas como higiene do corpo, especialmente, das mãos, e de que forma a contaminação pode acontecer, foram os destaques na abertura dos trabalhos. O cuidado com o corpo também esteve em pauta, assim como a necessidade do uso de sabão líquido principalmente após frequentar locais públicos.

Publicidade

Rabin Parmessar, titular do Ministério da LVV, reiterou que existem várias formas de prevenir o coronavírus. “Todos nós juntos devemos garantir que a higiene seja levada a sério, especialmente nesses tempos. Prevenir é melhor que remediar”, complementou o ministro.

Foto: LVV

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar