Resultado representa recuo d 12,25% em relação a 2015; desde 1º de julho

O Bradesco divulgou nesta quinta-feira lucro de 15,084 bilhões em 2016, o que representa uma redução de 12,25% ante o ano anterior, quando somou 17,190 bilhões de reais.  No quarto trimestre, o resultado positivo foi de 3,592 bilhões de reais. O montante no trimestre é 17,5% menor que o registrado um ano antes, de 4,353 bilhões de reais. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior, quando totalizou 3,236 bilhões de reais, porém, foi identificada elevação de 11,0%.

Publicidade

O Bradesco destaca, em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras, que desde 1º de julho de 2016 consolidou as informações do HSBC Brasil e suas controladas. O Bradesco concluiu em junho a compra das operações do HSBC. O negócio foi anunciado em agosto de 2015, após o HSBC dizer que sairia do país.

A carteira de crédito da instituição alcançou 514,990 bilhões de reais no quarto trimestre, queda de 1,3% em relação ao terceiro, quando ficou em 521,771 bilhões de reais. Em um ano, porém, os empréstimos apresentaram alta de 8,6%. O impulso veio da pessoa física, com elevação de 0,6% no trimestre e 16,4% no ano. Na contramão, o crédito à pessoa jurídica encolheu 2,2% no quarto trimestre em relação ao trimestre, mas cresceu 5,1% em 12 meses.

A inadimplência do Bradesco, considerando atrasos acima de 90 dias, encerrou dezembro em 5,5%, aumento de 0,1 ponto porcentual na comparação com setembro, de 5,4%. Em um ano, o indicador piorou em 1,4 ponto porcentual.

O banco encerrou dezembro com 1,294 trilhão de reais em ativos totais, cifra 19,8% maior que a vista em um ano, de 1,080 trilhão de reais. Na comparação com setembro, a expansão ficou em 1,8%.

O patrimônio líquido do Bradesco chegou a 100,442 bilhões de reais no quarto trimestre, alta de 13,0% em um ano, e de 1,9% na comparação com o terceiro trimestre. O retorno sobre o patrimônio líquido do banco (ROE, na sigla em inglês) ficou estável em 17,6% no quarto trimestre ante o terceiro e reduziu 2,9 pontos porcentuais em um ano.

Fonte:Veja

Comentar

Comentar