Até agora, cinco filmes nacionais foram anunciados na programação, além do curta ‘Mar de Fogo’, que concorre ao Urso de Ouro.

Além do curta-metragem do carioca Joel Pizzini Mar de Fogo, que concorre ao Urso de Ouro no Festival de Berlim, outras produções brasileiras serão exibidas na mostra que acontece na capital alemã de 5 a 15 de fevereiro. A organização anunciou nesta sexta-feira que o longaSangue Azul, do pernambucano Lirio Ferreira, vai abrir a mostra paralela Panorama, no dia 5. Ainda participam dessa mostra Que Horas Ela Volta?, da paulista Anna Muylaert, e a coprodução entre Brasil, Chile e França Ausência, do também paulista Chico Teixeira.

Publicidade

Outros brasileiros também estão escalados para o festival. Os longas Brasil S/A, de Marcelo Pedroso, e Beira-Mar, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, serão exibidos na mostra paralela Forum. Brasil S/A é descrito pela organização como uma sátira de vanguarda visualmente impressionante que reúne imagens “surreais” e documentais do Brasil das últimas décadas, retratando um cortador de cana que se vê expulso do campo pela chegada das máquinas. Já Beira-Mar mostra um jovem que viaja até a casa de praia de sua família para resolver questões ligadas ao recebimento de uma herança, acompanhado de um amigo.

A lista de todos os filmes que serão exibidos no Festival de Berlim será divulgada na próxima semana. O longa Nobody Wants the Night, protagonizado por Juliette Binoche e dirigido por Isabel Coixet, vai abrir a premiação.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: veja

Comentar

Comentar