A polícia da capital, prendeu entre quinta-feira, 29 de janeiro e sábado 31 de janeiro, oito homens que haviam roubado baterias de celular dos mastros de empresas telefônicas do Suriname.

Os furtos ocorreram em vários distritos e as baterias roubadas são usadas por pessoas que equipam seus carros com sistemas de som sofisticados. Dos oito acusados presos, seis permanecem presos e os outros dois foram liberados após o interrogatório.

Publicidade

Os acusados vão responder por roubo qualificado e receptação.

Enquanto isso, a polícia encontrou com os acusados, 60 baterias que foram apreendidas. As baterias são vendidas pelos ladrões pelo valor de  USD 300, cada uma.

 “As pessoas que têm em seu poder essas baterias, devem devolver para o departamento de polícia da capital. Isso evitará prisão e constrangimento para os envolvidos”.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar