A Justiça do Suriname condenou a seis anos de prisão, por estupro, Germaine H. de 45 anos. A sentença da magistrada Maytrie Kuldip Singh foi lida após a confirmação pela própria vítima, que é enteada do acusado. A menina tem 14 anos e revelou sofrer abusos quase que diários.

A denúncia dos abusos aconteceu depois que a menina revelou à irmã. Depois, a mãe das duas ficou sabendo e o acusado foi confrontado pela família. Ele negou a prática do crime. Porém, durante o julgamento, ele confirmou ter feito sexo com a filha da atual esposa.

Publicidade

Segundo Germaine, a ato aconteceu consensualmente. A vítima negou a versão do padrasto. O homem ainda acusou a menina de fazer sexo com o seu filho, o que teria lhe ocasionado ciúmes e um distanciamento. O Ministério Público pediu a condenação, que foi aceita pela juíza.

 

Comentar

Comentar