spot_img
spot_img

Japonesa mata marido por não ganhar presente de São Valentim

Atualizado há

Dia de São Valentim é celebrado no arquipélago japonês desde os anos 1950.

Uma japonesa de 43 anos alegou à polícia que tentou estrangular seu marido com uma gravata porque ele não deu a ela um presente no dia de São Valentim.

Mie Nishiyama, detida nesta segunda-feira em Sakai (oeste) por tentativa de homicídio após uma chamada de emergência de seu marido de 31 anos, explicou aos investigadores suas suspeitas sobre uma relação extraconjugal do marido.

- Publicidade -

“Não me deu presente de São Valentim. Eu estava furiosa e o estrangulei”, disse a mulher, que negou querer matá-lo, segundo as declarações divulgadas pela polícia.

O dia de São Valentim é celebrado no arquipélago japonês desde os anos 1950, quando o país se recuperava de sua derrota na Segunda Guerra Mundial, mas os japoneses o adaptaram a sua maneira.

No dia 14 de fevereiro, os homens recebem chocolates de suas companheiras. Um mês depois, em 14 de março, eles devem dar um presente, branco, segundo a tradição, as suas namoradas ou esposas.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Terra

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: