Suriname tem os maiores impostos corporativos para pequenos negócios da América do Sul. — Foto: LPM News

A nova Lei do Imposto sobre Valor Agregado (IVA) no Suriname não entrará mais em vigor em 1º de julho, mas em 1º de janeiro de 2023. Uma consideração importante para o adiamento da implementação é proteger ao máximo a sociedade contra aumentos de preços, informa o Ministério da Fazenda e Planejamento.

Recentemente, a nova lei do imposto sobre o valor acrescentado (IVA) foi submetida à Assembleia Nacional. O IVA substituirá o imposto sobre vendas. Isso levará a uma forma moderna e mais eficaz de cobrança de impostos. O objetivo é fortalecer as finanças públicas.

Publicidade

Em parte devido à guerra na Ucrânia, os preços internacionais aumentaram consideravelmente. Devido à introdução posterior do IVA, os seus efeitos serão menos rigorosos para a sociedade. Além disso, os seis meses extras dão mais espaço para uma boa implementação.

Uma vez que a implementação do IVA é uma parte importante do programa do FMI, o FMI foi convidado a incorporar a implementação posterior no modelo macroeconómico. A segunda revisão do programa pelo Conselho do FMI no final de junho será, portanto, adiada.

Comentar

Comentar