Há insatisfação e irritação entre os inspetores ambientais do Instituto de Saúde Pública (BOG) .

Eles estão irritados com a liderança do (BOG), porque eles não mantiveram o acordo de pagar o subsídio de transportes antes do final do ano e também não deram as promoções para os inspetores ambientais.

Publicidade

Segundo o presidente da federação David Bakker, a gestão do (BOG) na presença dos Ministros da Saúde e das Relações Interiores em setembro, concordou que o pagamento seria feito no final de novembro e as promoções seriam feitas antes do final de dezembro.

De acordo com Bakker os inspetores estão “chateados” e ameaçaram parar de trabalhar. Ainda mais agora com a luta contra o chikungunya em pleno andamento. “Já estamos reclamando há algum tempo para tentar conseguir algo”.

Em julho, quando os inspetores ambientais já estavam em ação, o desafio de lutar contra o mosquito que transmite o vírus chikungunya veio. Quando isso aconteceu quase todos os departamentos de Inspeção do Meio Ambiente estava paralisado.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar