Embora a situação financeira do Hospital St. Vincent não esteja boa, o hospital está muito orgulhoso do centenário.

O ponto alto da celebração do centenário, será a missa pontifical na basílica catedral na segunda-feira 18 de julho.

Publicidade

O Hospital St. Vincent vai comemorar 100 anos de existência na próxima terça-feira, 19 julho. O hospital foi construído em 1916 pela Congregação das Irmãs da Caridade de Tilburg. As primeiras irmãs foram enviadas ao país a pedido do Monsenhor Wulfingh chegando no final do século 19 ao Suriname para cuidar dos leprosos. Depois de terem trabalhado a partir de um pequeno local na rua Gravenstraat nº 72, a necessidade de um hospital privado cresceu e para este fim, eles receberam da Diocese Católica Romana a parte de trás da catedral, do outro lado do riacho Sommelsdijckse. Uma vez que esta área foi completamente limpa e a rua Queenstraat foi construída em 1914 com a construção do hospital católico privado.

Em 19 de julho de 1916, o hospital foi inaugurado oficialmente e consagrado por Dom Van Roosmalen e o nome do hospital foi escolhido em homenagem a São Vicente de Paula, cuja a imagem foi colocada na fachada histórica do hospital. O Hospital São Vicente tornou-se um hospital digno e pacífico em Paramaribo, onde os não-católicos foram tratados da mesma forma amorosa. Hoje, o Hospital St. Vincent tem um nome respeitado na sociedade com capacidade para 190 leitos e uma extensa equipe de médicos especialistas, enfermeiros e outros profissionais de saúde.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar