spot_img
spot_img

Homem é esfaqueado por ser estrangeiro e sangra até a morte na África do Sul

Atualizado há

- Publicidade -

Selvageria resulta de uma percepção de que os imigrantes estão tomando empregos dos sul-africanos.

Após se livrar do regime do apartheid, que segregava os negros em detrimento de uma minora branca, a África do Sul está vivendo momentos de brutalidade contra estrangeiros. O moçambicano Emmanuel Sithole, cuja identidade foi encontrada em seu celular, morreu após ser massacrado por um grupo na cidade de Alexandra.

O motivo é o fato de que ele era estrangeiro. A morte de Sithole ocorreu após uma noite de saques e agressões xenófobas. A selvageria no país tem como uma das raízes o alto índice de desemprego que, segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), atingia 24,9% da população em 2013.

- Publicidade -

Foram formadas quadrilhas de moradores que culpam os imigrantes de outras partes da África pela falta de postos de trabalho. Sithole estava simplesmente andando na rua quando foi agredido e se tornou vítima da gangue.

O esfaqueamento ocorreu à luz do dia, enquanto alguns observavam. Outros incentivavam. E havia aqueles que participavam, agredindo e depois recuando,Os agressores não se constrangiam em atacar o moçambicano de maneira covarde e insana: eram três, quatro, cinco contra apenas uma vítima impotente naquele momento.

Um homem ainda tentou conter o ataque selvagem, mas quando ele chegou a vítima já estava bastante ferida.

Um jornalista do The Sunday Times, da África do Sul, registrou a atrocidade, já que ele estava no bairro para entrevistar uma série de comerciantes estrangeiros que tiveram seus estabelecimentos saqueados na noite anterior.

Depois de agredido, Sithole ficou sangrando em uma sarjeta. O jornalista e testemunhas, então,  o levaram de carro a um centro médico a apenas 300 metros de distância, mas este estava fechado.

A explicação para o fechamento é a de que o médico que trabalhava lá era outro estrangeiro e temia ser também ele vítima de um ataque xenófobo.

Na sequência, eles se encaminharam a um hospital, mas o estado de Sithole se deteriorou, quando ele gritou e fez uma careta de dor, antes de cair, enfim, inconsciente. Mesmo atendido, as tentativas de salvá-lo foram em vão,O fim triste da história retrata o drama de muitos imigrantes na África. Sithole era apenas um homem que fugiu para a África do Sul com a esperança de uma vida melhor .

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

 

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: