O homem ficou transtornado depois que seu filho foi agredido na escola.

Bert M., de 35 anos de idade, é o pai que resolveu ameaçar os diretores da escola onde seu filho estuda depois que o garoto sofreu uma agressão na escola pública em Sunnypoint.

Publicidade

O filho de Bert foi empurrado na escada por um colega e caiu machucando o joelho. Bert foi chamado pela escola e levou seu filho para a Emergência (ED) onde ficou constatado que o garoto sofreu uma lesão no joelho.

Após sair do hospital com o filho o acusado procurou os pais do menino que havia empurrado seu filho e exigiu o pagamento de SRD 150 pelas despesas médicas com o seu filho. Os pais do menino agressor se sentiram ameaçados e foram a delegacia registrar uma ocorrência contra o acusado.

Após ser advertido pela polícia, o acusado voltou a escola na quinta-feira passada e exigiu SRD 1.000 dizendo que se a escola não pagasse este valor os diretores seriam esfaqueados e a escola seria incendiada.

A escola apresentou uma queixa contra Bert que foi preso pela polícia e agora vai ter tempo na cadeia para se livrar do stress e do nervosismo.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar