spot_img
spot_img

Helicóptero-ambulância não foi liberado para socorrer membros do partido VHP feridos em acidente

Atualizado há

- Publicidade -

Disputa politica entre  ABOP e  VHP gera omissão de socorro a vítimas de acidente em Nickerie.

Na segunda-feira, 4 de maio, alguns adeptos do partido (VHP) ficaram gravemente feridos em uma colisão na ligação leste-oeste. As pessoas estavam a caminho de Nickerie para uma reunião do V7, partido político que faz parte do (VHP). O serviço de ambulância da ”Hi-Jet” foi solicitado para fazer a transferência de algumas vítimas para o hospital Acadêmicos de Paramaribo e alguns minutos após o piloto do helicóptero ter decolado para atender a chamada de emergência, recebeu ordens da Autoridade de Aviação Civil para retornar ao aeroporto e abortar a missão.

O helicóptero já estava sobre Saramacca quando foi chamado de volta para o aeroporto deixando as vítimas do acidente (membros do partido VHP) sem socorro. A administração da Aviação Civil no âmbito do Ministério de Comunicação Transportes e do Turismo (TCT), é gerido pelo ABOP. O diretor da empresa de aviação ”Hi-Jet”, Jerrel van Embricqs, disse que não havia nenhuma razão para que o helicóptero não pudesse fazer a transferência dos pacientes para o hospital em Paramaribo. Embricqs, acha inadmissível a atitude da Autoridade de Aviação Civil no Suriname e disse que quando se trata de vidas humanas o serviço de socorro aéreo não escolhe bandeiras ou partidos políticos.

- Publicidade -

O (VHP) vai abster-se de comentários e conclusões sobre este horrível incidente, mas já está acionando, tanto a liderança da Autoridade de Aviação Civil como a autoridade final responsável, ou seja, o Ministro do (TCT) para uma explicação urgente sobre este ato extremamente vergonhoso.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: