Foto: Reprodução

Foram abertas as ofertas do processo de EPC lançado pelo Ministério de Recursos Naturais da Guiana para o projeto de gás para energia do país. Informações da Administração Nacional de Compras e Licitações mostram que as propostas para a usina a gás natural foram apresentadas pelos players China International Energy Group (US$ 467 milhões), China Machinery Engineering (US$ 696 milhões), Powerchina International Group (US$ 704 milhões), Guycan Consortium (US$ 549 milhões) e CH4 Guyana-Lindsayca (US$ 899 milhões).

O ministério emitiu uma chamada de pré-qualificação em dezembro para a usina de 300 MW e uma instalação de líquidos de gás natural. A Esso Exploration and Production Guyana está administrando a infraestrutura de gasodutos para transportar o gás em terra a partir do bloco Stabroek.

Publicidade

Enquanto isso, o ministério aprovou os planos diretores de conteúdo local de empreiteiras de “nível um” – SBM Offshore, Halliburton, entre outras – que operam no setor de petróleo e gás da Guiana, de acordo com o Departamento de Informação Pública.

Os planos estipulam que os pagamentos aos fornecedores locais devem ser feitos no prazo de 45 dias após o recebimento da fatura.

Comentar

Comentar