Um dos guarda-costas do presidente Desi Bouterse foi afastado da função no início desta semana.

O segurança que faz parte da guarda pessoal do presidente, foi atingido na perna e teve que ser internado para tratamento médico.

O incidente ocorreu em Uitvlugt na Indiraweg quando o segurança viu uma briga na rua e interveio para separar os dois homens que estavam brigando. Neste momento apareceu um homem em um carro que disparou vários vezes contra o segurança do presidente que foi atingido no joelho direito.

O segurança era funcionário da prisão, mas estava trabalhando no ”Counter Terrorism Unit” (CTU), que é responsável pela segurança pessoal do presidente.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar