spot_img
spot_img

Governos começam operação para combater garimpo ilegal

A decisão da Venezuela de agir foi impulsionada por uma reportagem do programa "Fantástico"

Atualizado há

CARACAS – O governo da Venezuela anunciou hoje que iniciará uma operação na fronteira com o Brasil, visando combater os garimpeiros que atuam na região de Auris. A ação, marcada para começar amanhã, sábado, 26 de janeiro, é uma resposta ao pedido do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva a Nicolás Maduro, solicitando uma cooperação para enfrentar o garimpo irregular na área Yanomami.

De acordo com informações circulando em grupos de garimpeiros no país vizinho, a operação será uma ação conjunta entre os governos de esquerda da Venezuela e do Brasil. A motivação por trás dessa colaboração é a crescente preocupação com as atividades ilegais que têm impactado a região Yanomami, lar de comunidades indígenas.

A decisão da Venezuela de agir foi impulsionada por uma reportagem do programa “Fantástico”, que revelou que a fronteira do lado venezuelano servia de base para a logística dos garimpeiros na Terra Indígena Yanomami, segundo informações do IBAMA. Ações coordenadas entre os governos de esquerda buscam conter esse problema, promovendo a preservação ambiental e protegendo os direitos das comunidades indígenas.

- Publicidade -

Enquanto o governo brasileiro planeja ações semelhantes contra o garimpo na Terra Indígena Yanomami, a data exata não foi divulgada. No entanto, fontes da Venezuela indicam que o país vizinho iniciará sua operação amanhã, demonstrando uma resposta rápida à urgência do problema.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: