As muitas perguntas feitas por membros do parlamento estão na introdução de um plano geral, o seguro básico de saúde nacional e o projeto da lei do salário mínimo por hora as chamadas “leis sociais” serão respondidas pelo governo nesta terça-feira 22 de julho.

A oposição em nota diz que: “Querem informações mais detalhadas, e pedem que o governo responda as perguntas mais claras e objetivas possíveis.”

O governo ganhou tempo da presidenta da Assembleia Nacional Jennifer Geerlings-Simons, para fazer as pesquisas.

O projeto “leis sociais” deve ser concluído o mais rápido possível. 

Em particular, a oposição acredita que o governo recebe muita autoridade sobre essas leis, já que muitos casos não são resolvidos em projetos de lei e ainda não se sabe quanto será o reajuste salarial.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar