O Ministério do Comércio e Indústria (HI), vai acompanhar a movimentação de preços após a entrada em vigor das novas tarifas de água e energia.

De acordo com Danielle Sumter, chefe do Departamento de Preços ao Consumidor, as alterações não significam que os preços dos bens ficarão fora de controle.

Os preços praticados pelos varejistas e revendedores não estão atrelados as tarifas de água e energia e a menos que haja um aumento nos custos de produção resultantes dos reajustes tarifários atuais, nenhuma mudança haverá no índice de preços ao consumidor.

O Ministério do Comércio e da Indústria tem conhecimento dos preços de bens praticados em muitas lojas em todo o país. Após 15 de Outubro estas lojas serão visitadas novamente para verificar se estão praticando abuso no aumento de preços.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar