O Governo do Suriname anunciou a realização de novo projeto de regularização migratória para estrangeiros.

Por meio de um comunicado, a Embaixada Brasileira em Paramaribo está fazendo a divulgação da iniciativa do governo surinamês no sentido de dar uma nova oportunidade aos brasileiros que estão com a situação migratória irregular no país.

Publicidade

Na última sexta-feira, 15 de setembro, o conselheiro da Embaixada Brasileira no Suriname, Sr. João André de Oliveira, fez uma participação especial na Rádio LPM 102.5 FM onde falou aos brasileiros sobre a iniciativa tomada pelo governo do Suriname em relação aos estrangeiros que estão vivendo em situação irregular no país.

João André de Oliveira – Conselheiro da Embaixada Brasileira no Suriname (Foto: Luiz Paulo)

Em sua visita no programa “Conexão Brasil”, o conselheiro explicou em detalhes como vai funcionar o novo projeto de regularização migratória para estrangeiros que foi batizado de “ILLEGALEN 5”. Na oportunidade, o conselheiro da Embaixada Brasileira em Paramaribo, também anunciou a criação da página da Embaixada Brasileira em Paramaribo @embaixadadobrasilemparamaribo onde os brasileiros poderão encontrar todas as informações necessárias sobre o novo projeto do governo surinamês. “Temos a honra de anunciar a criação da página Facebook da Embaixada do Brasil em Paramaribo, Suriname que servirá como mais um canal de comunicação com a comunidade brasileira e com os demais amigos da Embaixada”, salientou o Sr. João André de Oliveira.

Segue abaixo as informações sobre o Projeto ”ILLEGALEN 5” que começa a valer a partir do dia 20 de setembro e tem o prazo máximo de três meses:

PERÍODO DO PROJETO: 
Terá início no próximo dia 20 de setembro, com duração de 3 (três) meses.
QUEM PODE PARTICIPAR?
– Todo imigrante que ingressou LEGALMENTE/REGULARMENTE no Suriname antes de primeiro de julho de 2017 que tenha ultrapassado o prazo legal de estada ou tenha solicitado visto de permanência até 2015 e nunca recebeu.
DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA
Os pedidos deverão ser feitos PRESENCIALMENTE pelo próprio interessado, e os dossiês devem conter:
– formulário preenchido; – passaporte original; – certidão de nascimento original (legalizada ou apostilada);
– declaração de estado civil (legalizada ou apostilada); – comprovante de renda / sustento / meio de vida;
– seguro de saúde válido; – atestado de bons antecedentes criminais (legalizado ou apostilado)
TAXA
– Para brasileiros, será cobrado o valor de USD 600,00 (seiscentos dólares americanos) por dossiê.
Obs.: Cada família deve apresentar um único dossiê com todos os documentos.
LOCAL: Surpost building (esquina da Kerkplein no. 1 com Keizerstraat). Horário: Das 8h às 19h de segunda à sexta. Maiores informações através do telefone da Embaixada Brasileira em Paramaribo 400-200 ou diretamente com a Juspol  www.vz.juspol.sr / info@vz.juspol.sr
A Embaixada Brasileira faz questão de frisar que o projeto  ILLEGALEN 5 é uma iniciativa do governo do Suriname e que a embaixada brasileira se coloca a disposição para prestar o apoio necessário no sentido de orientar e informar os interessados.
Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar