Com a reação negativa da comunidade surinamesa diante do aumento de tarifas públicas, o governo estuda uma rede de segurança social para compensar os aumentos.

Uma série de medidas estão sendo estudadas sob a forma de uma rede de segurança social para aliviar a carga financeira sobre os cidadãos e a comunidade mais carente.

Publicidade

Uma dessas medidas sugeridas pelo governo é que um subsídio serviria para beneficiar os pequenos consumidores. Segundo este sistema, o subsidio do governo seria aplicado de acordo com a quantidade de energia utilizada por cada família.

Famílias que consomem até 150 kWh de energia por mês serão subsidiadas por esta medida do governo. Para estas famílias, o aumento será de apenas dois centavos por kWh para quem não ultrapassar 150 KWh e o governo então entra com 12 centavos de subsídio.

As famílias que consomem mais energia devem procurar economizar, no entanto, o governo também está estudando uma forma de criar um sistema de reembolso através da EBS.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar