Amar Ramadhin — Foto: Luiz Paulo

Embora os números da Covid-19 no Suriname apresentem sinais de queda nas duas últimas semanas, o governo do país anunciou a manutenção do bloqueio, porém, com novo horário, das 23h até 5h, entre os dias 23 de novembro a 6 de dezembro. A informação foi confirmada pelo ministro da saúde, Amar Ramadhin.

“A curva ainda mostra um quadro positivo. O Suriname é oficialmente classificado como um país como uma área com o código laranja. Portanto, estamos cada vez mais à vontade. No entanto, não deixe isso cair na casualidade. Ainda não chegamos”, alertou o ministro durante o discurso na televisão.

Publicidade

Confira algumas medidas importantes:

  • Nenhum encontro de grupos com mais de trinta pessoas está autorizado. É proibido realizar festas, incluindo as residênciais;
  • Funeral e reuniões religiosas são permitidos apenas nas seguintes condições: o número permitido de pessoas presentes é determinado pela capacidade disponível do espaço em questão;
  • Podem ocorrer atividades esportivas recreativas ao ar livre, porém, sem árbitros e/ou expectadores;
  • O transporte de passageiros por meio de transporte público rodoviário ou aquático somente é permitido com a devida observância do protocolo governamental;
  • Bares, boates, salões de dança, discotecas e similares permanecerão fechados;
  • Restaurantes e outras lanchonetes comerciais só podem ser abertos para entrega, a menos que tenham terraços ao ar livre;
  • Além disso, estão abertos: mercados; locais de recreação; cassinos; instalações de jogos e entretenimento; escritórios de jogos; ginásios, ioga, escolas de dança, aeróbica, zumba e centros desportivos ou de fitness; profissionais de contato como fisioterapeutas, cabeleireiros e barbearias. Tudo isso de acordo com os protocolos aplicáveis, com a devida observância das medidas da Covid-19;
  • A fronteira aérea será parcialmente aberta ao tráfego de passageiros no dia 23 de novembro, desde que sejam cumpridas as condições e protocolos específicos do país de proveniência direta;
  • Os voos para o interior são realizados apenas em conformidade com os protocolos de aviação aplicáveis;
  • As pessoas em quarentena ou isolamento devem cumprir estritamente as medidas. Eles estão proibidos de se mover ou estar fora de suas instalações de casa ou acomodação. O governo está pedindo aos viajantes que levem muito a sério as medidas de quarentena. Isso é para evitar sanções.

 

Comentar

Comentar