O governador Helder Barbalho deve anunciar nesta terça (5) um decreto de ‘lockdown’ (bloqueio total) para garantir o aumento de índices de isolamento social em dez municípios do Pará. A medida deve funcionar de forma ‘educativa’ até domingo (10). Depois, punições poderão ser aplicadas em caso de descumprimento.

A determinação, segundo o governo, deve limitar circulação de pessoas em todos os municípios da região metropolitana; além de Vigia de Nazaré e Santo Antônio do Tauá, no nordeste do estado; e Breves, no Marajó.

Publicidade

O governo fala em medidas mais drásticas desde o dia 1º de maio, quando o número de mortes de Covid-19 quase triplicou em uma semana no Pará, segundo levantamento feito pelo G1 com dados oficiais das secretarias estaduais. O estado teve crescimento acima da média nacional e o maior entre os mais afetados entre 24 e 30 de abril. Belém e outras cidades também vivem colapso na saúde e no sistema funerário.

Segundo o governo, o bloqueio total tenta atender recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de índice de isolamento social de, ao menos, 70%. O índice caiu no Pará na última segunda (4) e atingiu 48,27%. Belém teve 51,1 %, segundo último boletim.

Decreto

Segundo o governo, o novo decreto ainda deve ser publicado no Diário Oficial do Estado. Helder deve anunciar, em transmissão pela internet, que o funcionamento deve ficar restrito a atividades essenciais, como supermercados, alimentação, bancos, farmácias, casas lotéricas e feiras livres.

O decreto deve fechar os limites dos municípios, exceto para transportes de abastecimento de produtos e trânsito de profissionais essenciais.

Fonte: G1/PA

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar