spot_img
spot_img

Garimpeiros brasileiros ilegais são o alvo da polícia da Guiana Francesa

Atualizado há

Na Guiana Francesa, as autoridades tem lutado durante vários anos contra a mineração ilegal de ouro em seu território.

Na semana passada, uma grande operação foi deflagrada onde cerca de 650 quilos de explosivos foram usados ​​para destruir minas de ouro ilegais a menos de uma hora de carro da capital Cayenne.

Aproximadamente setenta unidades armadas estavam envolvidos nesta ação que foi realizada em 7 dos doze poços onde os garimpeiros ilegais estavam trabalhando, informou um dos principais jornais da Guiana Francesa na última quarta-feira, 16 de março. Segundo as autoridades francesas, os garimpeiros ilegais tiveram um grande prejuízo com a perda de materiais e o fechamento dos poços de mineração de ouro subterrâneos destruídos pela polícia francesa.

- Publicidade -

Ainda de acordo com informações divulgadas nos jornais, o alvo da operação eram garimpeiros brasileiros ilegais que utilizam máquinas de pequeno porte para cavar poços a procura de ouro. A estratégia das autoridades francesas ainda é impedir o transporte de alimentos e combustíveis para as minas de ouro e a deportação de garimpeiros ilegais para o seu país de origem.

Os franceses sabem que este grupo de garimpeiros ilegais é formado principalmente por brasileiros que entram em território francês através da fronteira com o Suriname, onde estes garimpeiros armazenam combustível e alimentos. A partir de agora, as autoridades francesas além de destruir máquinas, acampamentos e explodir as minas, também irão cobrar uma firme posição do governo do Suriname que permanece em silêncio sobre esta questão estando ciente de que os garimpeiros ilegais transitam livremente em seu território.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App