spot_img
spot_img

Funcionários aduaneiros são presos por envolvimento com tráfico de cocaína no porto do Suriname

Atualizado há

Dois agentes aduaneiros foram presos esta semana por envolvimento no caso dos 978 Kgs de cocaína encontrados no porto do Suriname.

A carga com quase 1.000 Kgs da droga foi encontrada em um contêiner de carga que estava pronto para embarcar para a Europa.

De acordo com mais informações divulgadas pela polícia nesta quinta-feira, 16 de fevereiro, sete pessoas já foram detidas e agora mais dois funcionários do serviço de cargas do porto também foram presos por envolvimento no caso e pelo desenrolar das investigações as autoridades acreditam que se trata de uma organização criminosa que usava o Suriname como ponte para levar droga para a Europa.

- Publicidade -

A grande quantidade de cocaína foi cuidadosamente embalada em sacolas e estavam escondidas dentro de um contêiner que seria despachado para a Europa, mas a polícia recebeu informações que uma grande quantidade de cocaína estaria sendo despachada e uma equipe de fiscais aduaneiros e policiais conseguiram encontrar a droga no Complexo de Jules Sedney, mais conhecido como o complexo de Nieuw Haven na noite do dia 8 de fevereiro.

PaulNa Curtis
Paulna Curtis

Ambos os funcionários aduaneiros detidos lidam com embarques no porto principal do Suriname e segundo a polícia, já existem provas do envolvimento dos dois agentes aduaneiros que estão sob custódia da polícia. Em conexão com este caso, a polícia informou ainda que está a procura de mais um envolvido identificado como Paulna Curtis, de 42 anos de idade que está foragido.

Foto: KPS

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App