O acusado trabalhava como encarregado de uma empresa holandesa no porto do Suriname.

O acusado era funcionário de uma empresa de infra-estrutura de New Amsterdam na Holanda, com representação no Suriname no setor de combustíveis e era responsável por monitorar cinco navios que fazem o transporte de combustível no porto do Suriname.

Publicidade

Durante uma auditoria da gestão da empresa foi constatado o desaparecimento de 4.500 litros de combustível e Alexander P., foi diretamente responsabilizado pelo desaparecimento do combustível.  A polícia do Suriname foi chamada e prendeu imediatamente o acusado que agora terá que explicar para a polícia onde foi parar o combustível que desapareceu dos navios da empresa.

Deixe seu comentário abaixo.

 

Comentar

Comentar