Um funcionário da Assistência e Serviço de Segurança do Suriname (BBS) foi detido na manhã de sábado, pouco depois de  ter ameaçado de morte uma profissional do sexo  e ter atirado com sua arma de serviço na propriedade da mesma.

O  funcionário da BBS teria ido para a casa da mulher para manter relações sexuais com ela e ficou com raiva quando ela se recusou a ter relações sexuais com ele.

Publicidade

Ele teria então a ameaçado de morte a mulher e disparado um tiro em sua casa. Após relatar o incidente, a polícia foi chamada  e o funcionário da BBS ao ver a polícia, jogou sua arma de serviço no mato.

A arma foi encontrada e confiscada. Com a investigação, o funcionário foi detido pela polícia, após consulta com um membro da Ministério Público. A responsabilidade da  investigação deste caso é da Polícia de Nieuw-Grond.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar