spot_img
spot_img

Filho foi condenado por abusar da mãe de 79 anos no Suriname

Atualizado há

Uma mulher de 79 anos de idade, tem medo do filho mais novo que persegue e agride a mãe quando está embriagado. 

A idosa vinha sofrendo ameaças e agressões do filho mais novo durante anos.

Depois de muitas queixas na polícia, a vítima conseguiu na justiça uma ordem de proteção que determinava que o acusado deveria manter uma distancia dentro de um raio de 100 metros de sua mãe, mas desde 2013, o filho ignora isso. Em 2014 ele foi condenado à prisão por dezoito meses, por ter ignorado a ordem de proteção e tentado cortar seu irmão com um serrote.

- Publicidade -

O filho ingrato e desnaturado é Hemankoemar R., que foi condenado na última terça-feira a uma pena de prisão de quinze meses, dos quais três devem ser cumpridos em regime totalmente fechado. O agressor também deve ser acompanhada de tratamento clínico pelo Centro de Saúde Mental do Suriname (PCS).

A mulher testemunhou na terça-feira chorando perante o juiz Dinesh Sewratan, que já estava cansada do comportamento de seu filho.

O acusado disse no tribunal que sua mãe não contou a verdadeira história, mas confessou que abusou da mãe e ignorou a ordem judicial de proteção.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App