Acredita-se que acidente foi desencadeado após uma chama ter sido acesa em uma sala cheia de poeira.

Uma explosão em uma fábrica chinesa deixou pelo menos 68 pessoas mortas e outras 120 feridas neste sábado. O acidente aconteceu na cidade de Kunshan, perto de Xangai, no Leste da China. A fábrica atingida, a Kunshan Zhongrong Metal Products, produz rodas para montadoras dos Estados Unidos, incluindo a General Motors, e tem cerca de 450 funcionários.

Uma investigação preliminar sugere que a explosão aconteceu após uma chama ter sido acesa em uma sala cheia de poeira. Acredita-se que 264 funcionários estavam no local na hora do acidente e que 44 morreram imediatamente. Em entrevista coletiva, representantes do governo local descreveram o acidente como uma violação grave de segurança.

O governo ainda informou que funcionários da empresa foram detidos. De acordo com a agência de notícias estatal Xinhua, cinco representantes da companhia estão sob custódia das autoridades.

Acidentes industriais são relativamente comuns na China, onde nem sempre as normas de segurança são aplicadas. No ano passado, 119 pessoas morreram no incêndio de uma granja no nordeste do país.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Reuters e AFP

Comentar

Comentar