Kenneth Vaseur, ex-diretor da empresa de energia do Suriname (EBS) foi preso na quarta-feira pela polícia.

PUBLICIDADE / ADVERTENTIE

A prisão foi decretada pelo Ministério Público (OM) que está investigando casos de corrupção e desvio de dinheiro da EBS e constatou que o ex-diretor é culpado de fraude.

Anteriormente o Ministério Público já havia ordenado a prisão do diretor em exercício Willy Diver, que permanece sob a custódia da polícia.

Tudo gira em torno de dois geradores de emergência e usinas de energia móvel avaliadas em USD 8,5 milhões.O dinheiro foi pago a NV Groenlândia, que atuou como um agente para remover as máquinas da China. No entanto, o material nunca chegou no Suriname, mas o dinheiro foi transferido para a NV Groenlândia.

Dick Lacy, diretor da Gronelândia, foi a primeira pessoa a ser presa pela policia por envolvimento direto neste caso, mas foi colocado em liberdade e responde a um processo civil.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar