Um tiroteio em uma faculdade comunitária na cidade de Roseburg, no Estado americano do Oregon, deixou dez mortos e pelo menos sete feridos, na manhã desta quinta-feira – os números divulgados anteriormente eram de treze mortos e vinte feridos. Em uma entrevista coletiva realizada na tarde de hoje, o xerife John Hanlin, do condado de Douglas, informou que o atirador, um homem de 20 anos, foi morto em uma troca de tiros com policiais. Sua identidade não foi revelada.

Mais de 3.000 alunos frequentam a Umpqua Community College, a 290 quilômetros de Portland. O tiroteio ocorreu por volta de 10h40 horário local (14h40 em Brasília). Uma estudante de 18 anos contou a um jornal local que o atirador entrou na sala de aula, matou o professor com um tiro na cabeça e ordenou que todos os alunos se deitassem no chão. De acordo com a testemunha, ele pediu que um a um se levantasse e declarasse sua religião, e começou a atirar.

Publicidade

As autoridades estão investigando uma publicação anônima em uma rede social no dia anterior ao massacre, em que o suspeito teria anunciado o ataque. Muitos internautas o incentivaram – alguns deram, inclusive, sugestões de armamento e de como ele deveria proceder.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar