spot_img
spot_img

“Eu gostava de matar”, diz homem que confessou ter matado ao menos 42 pessoas na Baixada Fluminense

Atualizado há

Na delegacia, ele afirmou que só se arrepende da morte de criança de 3 anos.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro já identificou três vítimas de Sailson José das Graças, homem que confessou o assassinato de ao menos 42 pessoas na Baixada Fluminense, entre elas, 38 mulheresOs crimes aconteceram ao longo de nove anos. Ele foi preso em flagrante na quarta-feira (10) após assassinar uma mulher a facadas em Nova Iguaçu.

“O desejo era mais forte, gostava quando elas gritavam, se debatiam e me arranhavam”, diz o serial killer

- Publicidade -

Segundo o delegado Pedro Medina, da DHBF (Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense), durante o depoimento, Sailson José das Graças detalhou a morte de uma criança. O suspeito disse que esta morte não estava planejada, mas como a criança começou a gritar enquanto a mãe era assassinada, ele resolveu matá-la também.

— Ele sempre busca se furtar da responsabilidade do crime, e isso também era uma forma de obter prazer. Tanto que ele se vangloria e disse: ‘Eu tento sempre cometer o crime perfeito’.

De acordo com Medina, o homem disse que a morte da criança é a única da qual ele se arrepende. No depoimento ele teria afirmado também que gostava de matar as mulheres por prazer, asfixiando as vítimas e vendo-as morrerem de olho aberto. “Eu gostava de matar”, teria dito o suspeito aos policiais.

Medina contou também que as vítimas preferidas do homem eram mulheres brancas e não muito magras, pois as negras lembravam sua família. Segundo o titular da DHBF, ao ver uma policial magra na unidade, ele afirmou que não a mataria por ser “muito magra”.

De acordo com o delegado, o depoimento dado por Sailson bate com ao menos três inquéritos, cujas vítimas já foram identificadas. O suspeito narrou as ações, mas sem especificar a ocorrência. Medina afirmou que o depoimento será confrontado com os inquéritos da unidade. Ocorrências de outras delegacias da baixada que possam estar relacionadas com o serial killer também serão consultadas.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: