spot_img
spot_img

Estudante de medicina é preso com 99 cápsulas de cocaína no estômago na fronteira com a Bolívia

Atualizado há

Jovem de 19 anos foi preso em Cáceres (MT) após ser parado em barreira policial. Segundo a polícia, ele confessou que levaria a droga, adquirida na Bolívia, para São Paulo.

Um estudante de medicina de 19 anos foi preso nessa quarta-feira (27), em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, região de fronteira com a Bolívia, com 99 cápsulas de cocaína no estômago. A prisão de Marcelo da Silva foi feita por policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), durante abordagem em uma barreira policial na BR-070.

À polícia, ele confessou que tinha adquirido a droga na Bolívia e que pretendia levá-la para São Paulo.

- Publicidade -

Ele estava em um Gol de cor prata, conduzido por um homem de nacionalidade boliviana. O motorista também foi conduzido à delegacia, mas foi liberado, pois, segundo a polícia, não tinha envolvimento com o tráfico e apenas transportava o jovem.

De acordo com o Gefron, o estudante é de São Paulo, mas cursa medicina em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Questionado pelos policiais durante a revista, o jovem se contradisse por várias vezes. Diante da atitude suspeita dele, os agentes decidiram revistá-lo e encontraram várias cápsulas de cocaína na roupa e nos sapatos dele.

O estudante então confessou que tinha engolido várias porções de droga. Ele foi levado ao Hospital Regional de Cáceres para exames de raio-X, os quais comprovaram que, de fato, havia cápsulas no estômago dele.

Com a ajuda de medicamento, ele expeliu as 99 cápsulas de cocaína pura, segundo a polícia. Ele foi levado para a Delegacia de Fronteira e deve responder por tráfico internacional de drogas.

Fonte: G1

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App