A princesa Cristina de Bourbon, irmã mais nova do Rei Felipe VI, da Espanha, será julgada sob a acusação de fraude fiscal em 11 de janeiro de 2016, informou uma corte local. Conhecida como a infanta Cristina de Bourbon, de 50 anos, é a filha mais nova do ex-rei Juan Carlos.

Cristina e seu marido, Iñaki Urdangarin, foram formalmente acusados no final do ano passado, após quatro anos de investigações no Caso Nóos, que causou danos significativos na imagem pública da monarquia espanhola.

Publicidade

A princesa Cristina, que será a primeira monarca da Espanha a ser julgada, pode pegar até oito anos de prisão e Urdangarin, com um maior número de acusações, pode ser sentenciado por até 19 anos, caso seja considerado culpado.

A princesa e seu marido são acusados de organizar um esquema desvendado após a construção de um estádio em Palma de Mallorca, na costa leste da Espanha.

Um juiz afirmou que encontrou evidências de que o casal tinha um estilo de vida luxuoso por desviar milhões de euros de recursos públicos destinados à assessoria esportiva de Urdangarin sem fins lucrativos que, na verdade, foram parar em sua empresa imobiliário e de gestão de ativos. A princesa Cristina e seu marido negaram as acusações.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar