spot_img
spot_img

Escola “Calorschool Mulo” enfrenta falta de professores no período noturno

Atualizado há

Desde que o segundo trimestre começou, está havendo uma deficiência de professores na escola secundária Calorschool no período noturno.

Isso é frustrante, pois os alunos estão agora no período das provas “so’s”. Embora o Ministério da Educação e Desenvolvimento ( Ministerie van Onderwijs en Volksontwikkeling Minov) prometa que vai investir na educação em tempo integral, segundo o diretor Robert Peneux, isso não significa substituir os professores no meio do ano lectivo.

Segunda-feira, 12 de janeiro, Peneux  verificou com a Secretaria de Educação Básica (Bureau Lager Onderwijs BLO) por que as instruções foram mal interpretadas.

Wilfred Tobi, representante do Comitê Administrativo das escolas Mulo, (Avond Mulo Directeuren Amdo), ainda não obteve uma resposta clara sobre esta questão.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App