spot_img
spot_img

Enfermeiro britânico admite ter estuprado pacientes em coma

Atualizado há

Andrew Hutchinson, 29 anos, era enfermeiro sênior no hospital de Oxford John Radcliffe.

Um enfermeiro britânico está sendo julgado depois de admitir ter estuprado três pacientes inconscientes, além de tirar fotos e aproveitar do cargo para tocar mulheres e crianças no hospital onde trabalhava na cidade britânica de Oxford. O homem ainda teria gravado as cenas de abuso, que foram encontradas em seu celular e laptop. As informações são do The Telegraph.

Andrew Hutchinson, 29 anos, era enfermeiro sênior no hospital de Oxford John Radcliffe e abusou de pacientes sob anestesia. Os ataques aconteceram durante a jornada de trabalho do britânico.

- Publicidade -

Ele também cometeu abusos tais como em uma ocasião, quando usou uma câmera roubada de um médico para filmar embaixo da saia de uma mulher que acompanhava uma paciente ferida. A Corte de Oxford ouviu denúncias de que Hutchinson espionava mulheres e meninas no local.

Ele também teria aproveitado da sua posição como um paramédico voluntário em um festival de música da região para tocar mulheres que haviam passado na tenda de primeiros socorros.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Terra

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App
%d blogueiros gostam disto: