Após a conclusão da sala multifuncional no distrito de Saramacca, a advogada Alida Johanns disse que uma parte dessa sala será utilizada para a realização de audiências.

De acordo com a advogada, as pessoas muitas vezes já se queixaram de que  pagam custos desnecessários para poder viajar para Paramaribo para uma assistência jurídica. O resultado é que as pessoas ficam ausentes nas ações judiciais. Alida Johanns disse: “Com esta nova etapa, estas pessoas não precisarão mais viajar para Paramaribo.”

Publicidade

Ainda não se sabe quando vão começar as audiências. Primeiro, a sala precisa ser concluída totalmente.

No final dos anos oitenta foi quando ocorreu a última ação judicial no distrito de Saramacca. Desde então, as audiências passaram a ser realizadas em Paramaribo e em Nickerie.

Trazer os serviços para a comunidade é, segundo a advogada Alida Johanns, uma forma de descentralização.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar