A polícia de Lelydorp encontrou drogas durante uma inspeção de alimentos oferecidos aos detentos no último final de semana. Três pessoas foram detidas, identificadas como o taxista RM, VP e o seu filho SP, de 36 anos. Durante a investigação, RM e VP foram deportados.

SP teria confessado a participação no caso. Ele enviou a comida com o taxista para um detento.

Publicidade

Durante uma verificação, a polícia encontrou uma sacola com várias drogas na comida. O motorista de táxi foi imediatamente preso e denunciou VP e seu filho SP às autoridades, logo os dois também foram presos.

SP disse que recebeu a bolsa de mercadorias de outro homem para esconder drogas na comida, a fim de que os entorpecentes chegassem até um detento.

Comentar

Comentar