A morte dos garimpeiros foi compartilhada nas redes socais, mas o jornal LPM NEWS estava apurando os fatos para trazer a informação completa para os nossos leitores.

Por telefone entramos em contato com o Sr. Maurivan, dono do barraco, onde os dois rapazes trabalhavam quando aconteceu o acidente.

Segundo o Sr. Maurivan, que estava muito abalado com a morte dos dois trabalhadores, o acidente aconteceu por volta das 19 h, da última segunda-feira (24), quando cinco garimpeiros trabalhavam próximo a uma barreira de 15 metros de altura. “Pelo fato de ter chovido, a terra amoleceu, fazendo com que a barreira desabasse cobrindo toda a área onde estavam os rapazes”, relatou o dono do barraco.

Conforme informou o Sr. Maurivan, cinco pessoas trabalhavam no local sendo que três, estavam na base da barreira e dois estavam dentro do poço. Dos cinco garimpeiros, todos brasileiros, que trabalhavam na noite do acidente, dois que estavam dentro do poço e um que estava junto com os dois que morreram, escaparam, mas LEONARDO MARTINS OLIVEIRA, de 24 anos de idade e ANTÔNIO ALVES RODRIGUES FILHO (24) ficaram soterrados e apesar de todo o esforço empreendido para resgata-los com vida, vieram a óbito.

Fomos informados que o trabalho de resgate que envolveu ou uso de uma retroescavadeira e homens para remover a terra, durou de 19h30 às 23h30, quando os sobreviventes foram retirados e os corpos dos dois brasileiros foram encontrados sem vida debaixo da terra.

LEONARDO MARTINS OLIVEIRA (24), natural da cidade de Barrerinhas/MA e ANTÔNIO ALVES RODRIGUES FILHO, (24) que nasceu na cidade de Luzilândia/PI terão os corpos transladados para o Brasil no voo da próxima sexta-feira, 28 de setembro.

O jornal LPM NEWS lamenta a morte prematura dos brasileiros e oferece as condolências para os amigos e familiares no Brasil e no Suriname.

Deixe seu comentário abaixo.