A professora de economia da “Associação Nosso Suriname” denunciou que a diretora Yvonne Kasi, teria recebido uma proposta de dez mil dólares surinamenses, para modificar os resultados escolares de um aluno e facilitar a aprovação do mesmo com 100% de pontos, a proposta foi feita através dos pais do aluno.

“Esse dinheiro nunca foi prometido para mim e eu nunca recebi dinheiro algum. Afirma a diretora.
Em um e-mail enviado através da professora para o Ministério da Educação foi solicitado que a ação da diretora fosse investigada.

“Yvonne Kasi” relatou que se 100% dos alunos tivessem passado, seria realizado um passeio de fim de semana no valor de Dez mil dólares surinamenses, pagos por um palestrante motivacional. Da turma de catorze alunos, apenas sete conseguiram passar de ano.

A diretora acredita que a professora quer denegrir a imagem da escola, pelo fato de ter sido corrigida pelo Ministério da Educação e também pela direção da escola por suas falhas no ensino.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar