spot_img
spot_img

Dilma diz que faltou o hexa da seleção para a Copa ser perfeita

Atualizado há

A presidente Dilma Rousseff fez neste domingo, horas antes da final entre Alemanha e Argentina, um breve balanço da Copa do Mundo realizada no Brasil. Em um breve discurso, ela disse estar satisfeita pela organização do evento – a que voltou a chamar de “A Copa das Copas” – e que o resultado só não foi melhor porque o Brasil não conquistou o hexacampeonato.

Dilma fez seu curto pronunciamento ao lado de Joseph Blatter, presidente da Fifa, e Vladimir Putin, o presidente da Rússia, sede da Copa do Mundo de 2018. Em uma espécie de rito de passagem, a presidente brasileira exaltou a competição “bem-sucedida” realizada no país, valorizando a qualidade dos jogos e dos gols que aconteceram entre 12 de junho e este 13 de julho, e demonstrando certo bom humor ao citar o fato de o Brasil não ter ficado com o título em sua casa, conquistado pela Alemanha, o algoz da seleção na semifinal.

A presidente, em tom diplomático, não poupou elogios ao país que receberá o Mundial daqui quatro anos. “A partir de agora, os fãs do futebol se voltam para a Rússia, país especial e de cultura rica. Desejo sucesso na organização da Copa do Mundo Fifa 2018”, disse a presidente, que leu o discurso, escrito em duas folhas de papel.

- Publicidade -

O discurso também serviu para Dilma Rousseff citar o próximo grande evento que o Brasil organizará, em 2016, no Rio de Janeiro. “Convido a todos a voltarem para a Olimpíada e a Paraolimpíada. Sediaremos com a mesma competência e hospitalidade”.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Uol

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App