spot_img
spot_img

De 1D a N’Sync relembre os dramas de 5 boybands

Atualizado há

Relembre os altos e baixos dos grupos que fizeram fãs do mundo inteiro se descabelarem.

Algumas das maiores boybands da história da música pop se dissolveram antes que alguém pudesse sonhar com algo como o Twitter. Na época, as lamentações das fãs se limitavam ao pátio da escola, diferente da comoção em torno da saída de Zayn Malik do One Direction , um dos fenômenos mais recentes do gênero.

O ex-integrante desistiu da carreira com o 1D na semana passada, quando alegou estar sofrendo de estresse e exaustão. A notícia veio durante uma turnê do grupo pela Malásia e Indonésia, logo depois que rumores sobre uma suposta traição de Zayn, que é noivo da cantora Perrie Edwards. “Quero ser uma pessoa normal de 22 anos, poder relaxar e ter uma vida longe dos holofotes”, ele declarou em seu comunicado oficial.

Backstreet Boys
Sensação nos anos 90, o grupo teve uma carreira meteórica, com direito a megashows e fãs enlouquecidas no mundo inteiro. A trajetória foi interrompida em 2001, depois de uma intervenção de Kevin Richardson para que o amigo AJ McLean fosse para a reabilitação se recuperar do alcoolismo e tratar sua depressão.

Em 2002, foi a vez de Nick Carter abandonar os colegas e tentar a carreira solo. Apesar de conseguir emplacar alguns singles, o sucesso não chegou nem perto do que ele havia alcançado com o resto do grupo. No ano seguinte, todos os integrantes se reuniram para apoiar a primeira entrevista de AJ sobre seus antigos vícios, no programa de Oprah Winfrey. O encontro rendeu frutos e marcou a produção de um novo álbum, mas em 2006 foi Kevin que abandonou o barco.

Os Backstreet Boys chegaram até a se apresentar no Brasil como quarteto, em 2011. Hoje, com a formação original de volta (Nick, Brian, Kevin, AJ e Howie), a boyband tem uma agenda de sete shows no País.

N’Sync
Formado por Justin Timberlake, JC Chasez, Lance Bass, Joey Fatone e Chris Kirkpatrick, o grupo nasceu em Orlando em 1995 e sempre foi conhecido por suas coreografias super ensaiadas – como esquecer o clipe de Bye Bye Bye ?

Até 2002, a banda seguia com um sucesso enorme, colhendo os frutos dos discos No Strings Attached e Celebrity , segundo e terceiro da carreira, respectivamente. Eles chegaram até a indicar que fariam um novo álbum em 2003, mas o plano nunca saiu do papel. Enquanto isso, Justin Timberlake agilizava sua carreira solo, a mais bem sucedida de todo o grupo. E foi assim, do nada, que o N’Sync deixou de existir, sem comunicado oficial ou turnê de despedida.

Lance virou porta-voz dos direitos homossexuais, JC concentrou-se na área de composição musical, Joey Fatome seguiu na carreira de ator e Chris se dedicou à dublagem. Até que em 2013 todos se reuniram no palco do VMA, durante um trecho do show longuíssimo de Timberlake.

New Kids On The Block
Eles podem ser considerados os “pais” do Backstreet Boys e do N’Sync. Dona de hits como Step by Step , Tonight e You Got It , a banda fez muito sucesso nos anos 80, mas se desfez em 1994 após enfrentar brigas judiciais para provar que não dublava suas músicas nos shows, com a saída de Jordan Knight.

Além dele, Joey McIntyre tentou uma carreira solo, enquanto Donnie Wahlberg virou ator. Em 2008, todos voltaram a se apresentar juntos e até lançaram um single, Summertime . Dois anos depois, um novo hiato. No ano de 2012, fizeram show em São Paulo em apresentação única no Brasil durante turnê pela América do Sul. A reunião segue firme até hoje.

Five
Formada por Ritchie, Abs, Scott, Sean e JBrown, a boyband inglesa bombou na década de 90 e início dos anos 2000 com sucessos como Everbody Get Up e Don’t Wanna Let You Go . Em 2001, chegaram a se apresentar no Rock in Rio, mas pouco depois Sean Conlon sofreu uma crise mental e decidiu abandonar o grupo. Na época, os demais integrantes foram proibidos de anunciar sua saída até a ordem da gravadora, mas o fim foi inevitável.

A primeira reunião aconteceu em 2006, sem Conlon, e durou apenas alguns meses. Sean, que propôs um novo reencontro sete anos depois, chegou a participar do The Voice britânico em 2013, e foi rejeitado pelo júri. Em 2014, a banda planejou outra união, mas saiu em turnê com apenas três dos integrantes.

Take That
O quinteto Take That foi sensação no Reino Unido na primeira metade dos anos 90. Formado por Gary Barlow, Mark Owen, Robbie Williams, Howard Donald e Jason Orange, de 1991 a 1996 venderam mais de 30 milhões de álbuns e emplacaram hits como Back For Good e a regravação de How Deep Is Your Love , do Bee Gees.

O grupo se reuniu novamente em 2005, mas sem Robbie Williams, que seguia em uma carreira solo bem-sucedida. Em 2010, no entanto, ele voltou ao Take That e ajudou o grupo a quebrar recordes. Jason Orange foi para o teatro, enquanto Gary Barlow também se firmava nas paradas musiciais sozinho. Atualmente, o grupo segue com três integrantes, já que em 2014 sofreu as desistências de Williams e de Orange.

Deixe seu comentário abaixo.
Fonte: Terra

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App